F1 News

de Vries pode escolher, mas qual equipe é a melhor para 2023?

de Vries pode escolher, mas qual equipe é a melhor para 2023?

22 setembro - 20:21
0 Comentários

GPblog.com

Nyck de Vries está sendo ligado a três equipes diferentes para 2023. As chances de o holandês conseguir fazer sua estréia na F1 são muito boas, mas qual é o melhor time para ele assinar? O GPblog coloca Alpine, AlphaTauri e Williams sob uma lupa.

Caminhada complicada

Depois de uma situação sem esperança, o mundo de repente parece mais brilhante para Nyck de Vries. O holandês ganhou seu título da Fórmula 2 em 2019, mas nenhuma equipe bateu em sua porta naquele ano. Após três anos na categoria, parecia que ele havia perdido sua chance na F1 e uma carreira em outras categorias parecia ser o seu futuro.

de Vries optou pela Fórmula E, mas seu acordo com a Mercedes (como reserva da equipe de F1 e piloto de testes) o manteve no radar da F1. O seu título na FE em 2021 chamou a atenção e Toto Wolff fez campanha para seu pupilo, que parecia que teria uma oportunidade na Williams. Entretanto, a equipe acabou aproveitando a oportunidade oferecida pela Red Bull e contratou Alexander Albon para 2022.

Com isso, a última chance do holandês na F1 parecia ter ido embora, especialmente porque ele teve uma temporada muito abaixo na FE em 2022. Mesmo tendo participado de sessões de treinos livres com a Williams, Mercedes e Aston Martin, uma oportunidade de correr na F1 era tão improvável que um acordo com a Maserati para a próxima temporada da Fórmula E e com a Toyota para competir no Mundial de Endurance já estavam encaminhados. Apesar de ser considerado pela Williams, onde o desempenho de Nicholas Latifi foi abaixo do esperado, de Vries via em Oscar Piastri um grande obstáculo para finalmente ter uma oportunidade na categoria, já que a Alpine trabalhava em um acordo para emprestar o australiano para a equipe de Woking em 2023. Entretanto, uma sequência de acontecimentos inesperados abriram uma nova porta para o holandês.

Fernando Alonso surpreendeu ao decidir ir para a Aston Martin no ano que vem. Com isso, a Alpine anúnciou Piastri como sucessor do espanhol. Entretanto, o australiano já havia negociado um acordo com a McLaren e será companheiro de equipe de Lando Norris. Com isso, Alpine e Williams possuem um lugar vago para 2023, além da AlphaTauri, que pode liberar Pierre Gasly para a Alpine e precisará de um substituto.

No meio de todo esse quebra-cabeças do mercado de pilotos, de Vries foi chamado às pressas pela Williams para substituir Albon no Grande Prêmio da Itália. O tailandês precisou fazer uma cirurgia de emergência por causa de uma apendicite e o holandês assumiu o seu lugar a partir do TL3. de Vries teve um desempenho impressionante, chegando ao Q2 no treino classificatório e terminando a corrida em nono, marcando dois pontos em sua estreia na F1.

A impressionante estreia transformou de Vries em um candidato sério em todas as equipes que ainda possuem uma vaga indefinida para 2023. Ele já chegou a conversar com Helmut Marko sobre uma possível vaga na AlphaTauri, caso a equipe decida liberar o francês para a Alpine. Neste momento, de Vries parece poder escolher por qual equipe quer correr no ano que vem. A pergunta agora é: Qual é a melhor escolha para ele?

Plano D da Alpine

Se você olhar para o desempenho dos carros, a Alpine se destaca. Como uma equipe de fábrica, o time francês tem uma vantagem sobre as concorrentes. Pontos são alcançáveis a cada corrida e, se algo der errado na frente com os favoritos, até mesmo um pódio pode ser possível.

Como piloto, você naturalmente quer estar no carro mais rápido possível, mas aos 27 anos de idade, de Vries também sabe que estabilidade é um fator importante em sua decisão. Escolher o Mercedes na Fórmula E funcionou bem por causa de suas ligações com a F1 e agora ele terá que fazer uma escolha que lhe dê a melhor chance de ficar por muito tempo. E essa chance parece muito menor na Alpine.

A equipe primeiro queria manter Fernando Alonso. Após sua saída, o time queria Oscar Piastri. A terceira opção da é Pierre Gasly. O francês tem 102 Grandes Prêmios disputados, três pódios e uma vitória. Se a Alpine acabar com de Vries, é preciso destacar que ele é o Plano D. Ser a quarta opção e essa não é uma situação ideal e, mesmo dentro da equipe, ele encontrará um cenário complicado. Esteban Ocon pode não contar como o maior talento no esporte, mas como um francês, ele tem uma vantagem dentro da equipe. Ele também está lá há três temporadas e tem um contrato até 2024. Portanto, as chances de de Vries ser a prioridade não são tão grandes assim. Se alguém tiver que sair, será o holandês.

Sob a pressão de Marko na AlphaTauri

A AlphaTauri está atualmente em oitavo lugar na classificação dos construtores. A chance de correr pela AlphaTauri também vem um pouco do nada. A Red Bull parece querer manter a dupla atual e também não tem juniores prontos para dar o passo até a F1.

No entanto, De Vries entrou em cena como um possível substituto para Gasly. O próprio francês adoraria ir para a Alpine, onde ele poderia se juntar a uma equipe (francesa) de fábrica. Gasly também sabe que suas chances de promoção para a Red Bull são muito pequenas e, portanto, está no seu teto dentro da organização da Red Bull. A fabricante de energéticos está disposta a liberar Gasly, apesar de ter até 2023, mas precisa de um substituto adequado.

O escolhido foi Colton Herta, mas o americano não tinha pontos suficientes para obter a superlicença, não recebeu uma isenção da FIA e não queria voltar para categorias de formação para conseguir pontos suficientes. Por isso, ele assinou um contrato mais longo com a Andretti na Fórmula Indy e a Red Bull teve que olhar mais longe.

O bom desempenho em Monza de repente colocou de Vries em cena e Marko agiu rapidamente. Eles se reuniram na Áustria e o holandês parece ser o nome da vez. Será que ele quer se tornar companheiro de equipe de Yuki Tsunoda em 2023 para tentar ser promovido à Red Bull mais à frente? Brendon Hartley fez isso sem sucesso, mas Sergio Pérez mostra que pode ser possível.

de Vries se encontraria em uma situação interessante na AlphaTauri. Yuki Tsunoda é muito rápido em uma volta e está perto de Gasly no duelo de qualificação (diferença média de 0,120s), mas o desempenho do japonês não é consistente. Além disso, ele ainda comete muitos erros e tem suas explosões emocionais no rádio que causam irritação na equipe. O holandês, com seus títulos de F2 e FE, provou na verdade ser muito consistente e, ao longo de uma volta, de Vries sempre foi muito forte. A questão é mais como ele irá se comparar em ritmo de corrida com o japonês durante uma temporada inteira.

Apesar da comparação com seu companheiro de equipe ser vantajosa, há algumas desvantagens para de Vries na AlphaTauri. A Red Bull não é conhecida por sua paciência, então de Vries não terá tempo para se acomodar. Com o programa de jovens pilotos e Isack Hadjar chegando à F2 como um dos favoritos ao título em 2023, a pressão estará alta sobre os dois. Além disso, Tsunoda possui laços com Honda e é difícil escapar da impressão de que Marko tem mais paciência com Tsunoda do que com qualquer outro.

Duelo com Albon na Williams

A Williams é um time com o qual de Vries está ligado há algum tempo e com o qual ele fez sua estréia na F1. Para os românticos, uma escolha pela equipe faria sentido, mas você também tem que ser honesto e dizer que a Williams está no fundo do poço no campeonato de construtores e ainda não há sinais de que isso vai mudar nos próximos anos.

Um lugar na parte de trás do grid irá reduzir a pressão sobre de Vries. Ele terá tempo ao lado de Albon para se acostumar com seu carro e cada ponto conquistado é uma vitória para a equipe de Grove. Portanto, há mais a ganhar do que a perder. Além de Sargeant, a Williams também não tem um programa júnior impressionante, então a pressão por trás também não é tão grande. Além disso, como o último time do grid, há poucos grandes nomes batendo na porta do time a cada ano.

Mesmo assim, entrar na Williams não será muito fácil. de Vries venceu Latifi na Itália, mas George Russell e Albon também o fizeram durante as últimas três temporadas. Embora seja bonito fazer isso como um novato, Albon e Russell provaram que Latifi não é um piloto de referência.

Albon já está alguns passos à frente nesse aspecto. Ele impressionou em seis meses na Toro Rosso e recebeu mais tempo e confiança na Red Bull do que seu predecessor Pierre Gasly. Ele pode não ter a velocidade máxima para dificultar as coisas para pilotos como Max Verstappen, mas para a Williams ele já provou ser o líder ideal este ano com alguns pontos e forte desempenho na qualificação.

Qual é a melhor escolha para De Vries?

É difícil estar no lugar de de Vries. Por um lado, há pouco a perder, já que uma oportunidade na F1 talvez já não fosse mais uma realidade. Por outro lado, você quer fazer a escolha certa agora, porque uma boa escolha agora também poderia apenas garantir que você esteja ativo neste esporte por anos futuros.

Tudo depende de quão bem de Vries realmente se comporta no carro. Você pode pensar nisso com antecedência, mas se ele perder o duelo interno com seu companheiro de equipe, não terá uma vida longa na cataegoria.

Alpino é a opção do "tudo ou nada". Na equipe francesa, de Vries consegue o carro mais rápido possível das três equipes, mas também correrá o maior risco. Como você tem que marcar pontos a cada semana, desempenhos menores também são mais perceptíveis. Além disso, juntar-se a um time francês onde já tem um piloto da mesma nacionalidade com um longo contrato não é a situação ideal.

De todas as opções, a AlphaTauri parece ser a melhor. A equipe italiana pode comprar mais peças da Red Bull novamente em 2023 e é provável que veja o desempenho melhorar drasticamente. Além disso, verá seu líder sair e tem em Tsunoda um talento inconstante. O japonês é um companheiro de equipe para de Vries que será duro, mas não imbatível. O risco aqui, no entanto, são os caprichos dos treinamentos de Marko e Red Bull.

A última e mais segura opção é a Williams. Uma equipe na parte de trás do grid que está menos sob os holofotes e os pontos já são vistos como uma grande conquista. É também a equipe que agora premiou de Vries com sua estréia na F1, o que também vale alguma coisa. Por outro lado, Albon não é o menor dos adversários e, apesar de embarcar no pior time, não será nem mesmo fácil para de Vries tornar-se o seu líder.

Deixe-nos saber na enquete e nos comentários que você acha que de Vries deve fazer.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos