Grand Prix

Japanese Grand Prix



city
Suzuka
Comprimento do circuito
5.807 km
rounds count
53
fastest lap
-

Sobre o Grande Prêmio do Japão

Existe alguma outra corrida cercada com mais história, controvérsia, alegria e tristeza do que o Grande Prêmio do Japão? Ao longo de todos esses anos em que a Fórmula 1 tem visitado a Terra do Sol Nascente, nós testemunhamos alguns dos momentos mais memoráveis e extraordinários da história da categoria.

Quatro corridas aconteceram em Fuji, mas o Grande Prêmio do Japão encontrou a sua casa no fluído, rápido e complicado Circuito de Suzuka, que sempre foi um grande desafio para os pilotos.

Em 2020 e em 2021, a corrida foi cancelada devido à pandemia do coronavírus. Em 2019, Valtteri Bottas conquistou a vitória.

F1 Standings

Pos.NameTeamRoundsTimePoints
1VERMax VerstappenRed Bull Racing28--
2PERSergio PerezRed Bull Racing28+27.066-
3LECCharles LeclercFerrari28+31.763-
4OCOEsteban OconAlpine F1 team28+39.685-
5HAMLewis HamiltonMercedes AMG F1 team28+40.326-
6VETSebastian VettelAston Martin F1 team28+46.358-
7ALOFernando AlonsoAlpine F1 team28+46.369-
8RUSGeorge RussellMercedes AMG F1 team28+47.661-
9LATNicholas LatifiWilliams28+1:10.143-
10NORLando NorrisMcLaren28+1:10.782-
11RICDaniel RicciardoMcLaren28+1:12.877-
12STRLance StrollAston Martin F1 team28+1:13.904-
13TSUYuki TsunodaScuderia AlphaTauri28+1:15.599-
14MAGKevin MagnussenHaas F128+1:26.016-
15BOTValtteri BottasAlfa Romeo F1 team28+1:26.496-
16ZHOGuanyu ZhouAlfa Romeo F1 team28+1:27.043-
17GASPierre GaslyScuderia AlphaTauri28+1:28.091-
18SCHMick SchumacherHaas F128+1:32.523-
19SAICarlos SainzFerrari1DNF-
20ALBAlexander AlbonWilliams1DNF-

O traçado de Suzuka

Suzuka é um circuito muito rápido, com um desafio diferente em cada curva. É o único circuito de todo o calendário que tem o formato de um oito, trazendo mais um elemento diferente com que os pilotos precisam lidar.

A primeira curva que abre a volta no circuito é uma das curvas mais rápidas do esporte, e sempre estará no folclore da Fórmula 1 após a batida envolvendo Ayrton Senna e Alain Prost em 1990. Depois de passarmos por uma curva 2 um pouco mais apertada, nós chegamos até as famosas curvas em S. Essa sessão de curvas para esquerda, direita, esquerda, direita, é uma das mais desafiadoras do circuito, e se o piloto cometer qualquer erro aqui, ele vai perder bastante tempo.

Logo em seguida, os pilotos chegam na curva Dunlop antes de mergulharem em direção à ponte e percorrerem uma curva rápida para a direita, onde Daniil Kvyat sofreu um grave acidente no Q3 em 2015.

Uma curva muito apertada vem logo em seguida. Os carros passam pelo ápice duas vezes antes de se dirigirem para a reta oposta. Considerando que não é totalmente reta. No meio dela, os pilotos passam pela feroz curva 130R. Pisando fundo no acelerador, somente os mais audaciosos têm coragem de atingir a velocidade máxima aqui, muito menos ultrapassar. Mas foi exatamente o que fez Fernando Alonso em 2005 quando ultrapassou o heptacampeão Michael Schumacher.

A chicane no final da reta foi o palco de mais uma disputa entre Senna e Prost, desta vez em 1989, e leva para a última curva, finalizando a volta na reta principal.

A história da corrida

1976 foi a primeira vez em que a Fórmula 1 esteve oficialmente no Japão, no circuito de Fuji, e o clima desempenhou um papel fundamental em uma das temporadas mais tensas da história da categoria.

Sediando a última corrida do campeonato, Niki Lauda e James Hunt disputavam o título naquele ano. Lauda, que havia sofrido um grave acidente alguns meses antes, decidiu que a chuva estava forte demais para que ele pudesse correr, abandonando logo após a primeira volta. Hunt terminou em terceiro e conquistou o seu único título mundial por uma vantagem de apenas um ponto.

Como mencionado anteriormente, Senna e Prost também tiveram seus problemas aqui. Em 1989, Prost aparentemente jogou seu carro para cima do seu companheiro de equipe, forçando ele próprio a ter que abandonar a corrida. Ajudado pelos fiscais, Senna conseguiu ligar seu carro novamente e venceu a corrida, mas acabou sendo desclassificado por ter cortado a chicane. Com o resultado, Prost conquistou o título.

No ano seguinte, os papéis se inverteram, com Senna batendo em Prost logo na primeira curva, fazendo com que ambos abandonassem a corrida, o que resultou no título para Senna.

Um ano depois, Senna admitiu ter batido propositalmente em Prost, fazendo deste momento um dos mais icônicos na história da Fórmula 1.

Em 2012, um dos pódios mais populares da F1 aconteceu no Japão. O japonês Kamui Kobayashi foi o piloto favorito da torcida ao longo da sua carreira de cinco anos na F1, e garantiu uma terceira posição memorável na corrida em Suzuka, com direito a uma pilotagem incrível.

Da última vez, Valtteri Bottas venceu. Ele foi acompanhado no pódio por Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. 

Quando vai ser o Grande Prêmio do Japão em 2022?

O final de semana de corrida no Japão começa na madrugada de quinta para sexta, no dia 7 de outubro, com o Primeiro Treino Livre começando 1h da manhã (horário de Brasília). O Segundo Treino Livre acontece às 4h. No sábado, o Terceiro Treino Livre começa 1h da manhã, e a Classificação será às 4h. 

A largada para o Grande Prêmio do Japão vai ser no domingo, dia 9, às 2h da manhã.