F1 News

Albon: Verstappen fez parecer que eu estava dirigindo um ônibus

Albon: "Verstappen fez parecer que eu estava dirigindo um ônibus"

8 agosto - 07:11 Última atualização: 12:35
0 Comentários

GPblog.com

Alexander Albon, ex-companheiro de equipe de Max Verstappen, fornece uma visão interessante e única sobre a forma como o holandês encara um fim de semana de corrida. O piloto da Williams gostaria de ficar tão relaxado quanto Max.

Albon sobre o talento de Verstappen

Albon teve a chance de competir contra os grandes nomes da categoria desde muito cedo em sua carreira. O britânico substituiu Pierre Gasly na Red Bull Racing e teve a oportunidade de pilotar ao lado de Verstappen. Seu tempo junto com a equipe não foi um sucesso, fazendo com que um ano depois ele não tivesse um assento em nenhuma equipe da F1. Falando ao The MotorMouth Podcast, Albon ainda parece perplexo com o que ele viu em seu companheiro de equipe da Red Bull. Albon deixa sua admiração muito clara.

"Eu diria que ele é o piloto mais talentoso que já correu ao meu lado. É difícil comparar seus companheiros de equipe, mas ele pilota como fala; não há espaço para a política. Ele é muito direto e muito relaxado. As pessoas realmente não conhecem esse lado dele, mas ele é tão relaxado que eu quase penso: 'Eu gostaria de ser assim tão relaxado'". Albon lembra que pouco antes de uma sessão de classificação, Verstappen estava ocupado se divertindo com alguns jogos de computador como FIFA, por exemplo.

Albon tem uma perspectiva única sobre as habilidades de Verstappen

Albon continua sua história na qual ele compartilha sua perspectiva única sobre as habilidades do atual campeão mundial. Albon: "É também a maneira como ele lida com o carro. Ele é muito preciso. O que ele quer em um carro é muito diferente do que a maioria dos pilotos quer. Ele quer um carro que seja preciso na curva; é inacreditável". De acordo com Albon, Verstappen está sempre brincando com o carro. E embora a pilotagem do holandês sempre pareça muito suave, Albon sabe bem: "Não é. Eu posso dizer que aquele carro é extremamente afiado".

O piloto da Williams conclui: "Eu sempre fui conhecido como um piloto que gosta de muita aderência frontal, para controlar o carro com precisão. E então vem esse cara e faz parecer que eu estou dirigindo um ônibus".

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos