F1 News

Norris: Não tínhamos ritmo para brigar com Verstappen a corrida toda

Norris: "Não tínhamos ritmo para brigar com Verstappen a corrida toda"

06-11-2023 03:57 Última atualização: 08:14
Author profile picture

Marcos Gil

Lando Norris gostou do duelo com Max Verstappen no Grande Prêmio de São Paulo. O britânico conseguiu montar um ataque contra Verstappen, mas não teve excesso suficiente para ultrapassar o holandês. Isso não diminuiu o ânimo de Norris.

Após a corrida sprint no sábado, já estava claro que Norris tinha um ritmo de corrida muito forte. Embora Verstappen tenha vencido a Sprint e fugido de Norris no final, a diferença permaneceu limitada por um longo tempo. Esse foi o caso novamente no domingo, durante o Grande Prêmio, que viu o piloto da McLaren ficando brevemente ao lado de Verstappen.

"Semelhante ao que vimos no Sprint. Não fiquei muito atrás nas primeiras 10, 15, 17 voltas, mas, na fase final, acabei caindo um pouco demais", disse Norris após o GP de São Paulo. Para Norris, ainda não se sabe como Verstappen consegue manter seus pneus vivos por mais tempo. Por enquanto, o britânico está feliz por ter conseguido montar um pequeno ataque.

Norris ataca Verstappen

"Eu tentei. Tivemos muita dificuldade nas curvas 10 e 12. É onde a Red Bull é realmente competitiva e nós tivemos dificuldades durante todo o fim de semana, exceto quando estávamos com pneus novos. É claro que, na relargada, eu usei meus pneus novos e Max não. Então, pensei que se eu tivesse uma oportunidade, seria ali e naquele momento. Só mais alguns metros teriam sido ótimos".

"A oportunidade de correr contra Max será apenas por algumas voltas. Não é como se de repente encontrássemos o ritmo para lutar com ele durante toda a corrida. Não iríamos encontrar de repente o ritmo necessário para competir com ele na nossa corrida".

Norris duvida que a ultrapassagem em Verstappen teria sentido de qualquer forma. "Tentar manter Max atrás pelo resto da corrida teria sido um desafio totalmente novo. É muito bom que estejamos chegando lá. Eu fiz uma tentativa. Acho que essa foi uma das minhas primeiras tentativas de realmente tentar ultrapassá-lo em toda a minha carreira na Fórmula 1, o que é bom. Essa última pequena coisa precisa dar certo e então poderemos fazer isso com mais frequência", concluiu Norris.