F1 News

Alonso elogia Verstappen: “Você não pode ensinar, é natural”

Alonso elogia Verstappen: “Você não pode ensinar, é natural”

13-10-2022 10:37 Última atualização: 10:47

GPblog.com

Desde o Grande Prêmio do Japão, Max Verstappen faz parte de um clube especial dentro da Fórmula 1, ou seja, os de bicampeões mundial. Entre outros, Mika Hakkinen, Emerson Fittipaldi, mas também Fernando Alonso pertencem a esse grupo. O espanhol elogia Verstappen por sua adaptabilidade.

Ganhar dois títulos mundiais seguidos não é fácil, mas Verstappen também conseguiu fazer isso em uma temporada com grandes mudanças nas regras. Enquanto um piloto depende muito da equipe e do desenvolvimento do carro, também cabe ao próprio piloto tirar o máximo proveito do seu carro. Alonso enfatiza que a adaptabilidade dos melhores pilotos é uma característica definitiva.

No início da temporada de 2022, Verstappen ainda tinha problemas por vezes com o RB18 após o novo regulamento. Enquanto o seu companheiro de equipe Sergio Pérez estava confortável com seu carro, o holandês estava sofrendo. Entretanto, após o Grande Prêmio de Mônaco, Verstappen encontrou novamente confiança no RB18. Embora o carro fosse completamente diferente em 2021, Verstappen também conseguiu tirar o máximo proveito dele nesta temporada. Pilotos como Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e o próprio Alonso também conseguiram ganhar um título em um ano com grandes mudanças nas regras.

Alonso admira Verstappen

Alonso vê como alguns pilotos como Verstappen rapidamente chegam ao limite do carro. "Você não pode ensinar isso. Eu acho que isso tem que vir de você mesmo. Há pilotos que precisam de mais tempo, eles precisam estudar mais dados, eles precisam de toda a sexta-feira para analisar e comparar com um companheiro de equipe e lentamente dar pequenos passos até estarem 100% prontos para a classificação", diz o piloto da Alpine em conversa com o The Race.

"E há outros que estão 100% no TL1. Max é um desses e ele sempre foi assim desde a época do kart. Não deve ser uma surpresa para ninguém", continua o bicampeão mundial.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos