Kravitz viu jogada inteligente da Red Bull: "A FIA vai fechar essa brecha"

F1 News

Kravitz viu jogada inteligente da Red Bull: A FIA vai fechar essa brecha
24 de setembro no 06:52
Última atualização 24 de setembro no 10:58
  • Marcos Gil

A Red Bull Racing foi esperta ao mandar Sergio Pérez de volta à pista, apesar de seu abandono, para que ele pudesse cumprir sua penalidade de tempo. Ao fazer isso, a equipe evitou uma possível penalidade no grid para o Grande Prêmio do Catar. A equipe obteve permissão da FIA para fazer isso, mas, de acordo com o repórter da Sky Sports, Ted Kravitz, essa é uma brecha que o órgão regulador vai querer fechar.

Pérez teve um início ruim no GP do Japão, na qual o piloto da Red Bull cometeu vários erros. Ele foi penalizado por dois incidentes: por ultrapassar durante o safety car e por causar uma colisão com o piloto da Haas, Kevin Magnussen. O mexicano não chegou a cumprir a segunda penalidade devido a uma desistência, mas a Red Bull inventou uma solução inteligente para isso.

Depois de mais de 15 voltas, Pérez voltou repentinamente para sua Red Bull. Ele deu uma volta e, depois disso, a equipe o chamou para um pit stop. Isso deu a Pérez a chance de pagar sua penalidade de tempo e, assim, evitar que ela fosse convertida em uma penalidade de grid para o GP do Catar. Uma volta depois, ele entrou novamente para seu segundo abandono da corrida.

"A FIA vai querer fechar essa brecha"

Kravitz viu a Red Bull explorando uma brecha de forma inteligente e enfatizou que a equipe havia solicitado permissão da FIA para isso. "É um pouco bizarro ver Checo voltar, acho que ele já estava de jeans tomando um sorvete", diz o britânico de 49 anos. "Eles fizeram isso de uma maneira brilhante, foi inteligente, não me entenda mal, foi realmente inteligente", acrescenta.

Não veremos uma repetição da cena, acredita Kravitz. "Posso dizer a você que a FIA, agora que viu essa brecha, está bastante inclinada a fechá-la rapidamente para a próxima corrida e dizer que, para determinadas infrações, se a penalidade não tiver sido cumprida, terá de ser uma penalidade no grid na próxima corrida. Suponho que eles não vão deixar a Red Bull se safar de burlar as regras", disse o repórter.