Viaplay

F1 News

Verstappen comenta sobre os erros da Ferrari e de Leclerc

Verstappen comenta sobre os erros da Ferrari e de Leclerc

24 novembro - 10:42 Última atualização: 10:42
0 Comentários

GPblog.com

Em um documentário do canal Viaplay chamado de 'Max Verstappen: A imagem perfeita', Max Verstappen fala em detalhes sobre a temporada da Fórmula 1 de 2022. O holandês é questionado por Amber Brantsen sobre sua rivalidade com a Ferrari e os erros cometidos por Charles Leclerc, entre outras coisas.

Nesta quinta-feira, o Viaplay publicou uma grande entrevista com Verstappen falando sobre a temporada durante meia hora. Para fazer isso, o serviço de streaming criou um álbum de fotos com momentos marcantes da temporada. Assim começa um olhar sobre os contratempos sofridos pela grande rival, Ferrari.

Contratempos para a Ferrari

"Sim, é claro que (a Ferrari) começou muito bem, muito forte. (Mas) no meio da temporada eles tiveram muitas corridas difíceis e erros", disse Verstappen. O piloto afirma que ele não se divertiu com os problemas da equipe rival, mas é claro que foi uma vantagem para a Red Bull.

"Obviamente não é bom ver isso. Você simpatiza com eles, mas, por outro lado, funcionou bem para nós. Especialmente porque tivemos um começo tão difícil e fomos capazes de nos recuperar. A pressão então fica com eles e não tanto com nós. Tudo estava indo muito bem, tudo estava funcionando''.

Certo do título após o GP da França

Verstappen vê a foto de Leclerc abandonando o Grande Prêmio da França. Liderando a corrida, o monegasco perdeu o controle do carro e bateu, permitindo que Verstappen aproveitasse a oportunidade e vencesse a corrida. Perguntado se esse foi o ponto de virada no campeonato, Verstappen respondeu da seguinte forma: "'Para mim, foi. A partir daquele momento eu pensei: 'agora eu o peguei. Se não tivermos azar, vai dar tudo certo'''.

O Grande Prêmio da França foi apenas o 12º GP da temporada, mas depois Verstappen conseguiu uma margem sobre Leclerc de 63 pontos. "Sim, mas era uma diferença muito grande, então eu sabia que não iríamos mais ceder", concluiu o campeão mundial de 2021 e 2022.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos