General

Gasly relembra acidente com Ocon: Fiquei triste

Gasly relembra acidente com Ocon: "Fiquei triste"

30-11-2023 15:10 Última atualização: 18:09
Author profile picture

Marcos Gil

O GP da Austrália no início deste ano foi agitado e dramático. Três bandeiras vermelhas, um recorde. O que também foi completamente bizarro foi o confronto entre os companheiros de equipe Pierre Gasly e Esteban Ocon. Gasly fala no podcast Beyond the Grid sobre como foi isso para ele.

Gasly estava na quinta posição quando a corrida foi reiniciada pela segunda vez. Para evitar uma colisão com Fernando Alonso, ele saiu da pista. Quando voltou, seu companheiro de equipe estava passando, os dois bateram um no outro e não conseguiram chegar ao final da corrida. "Sinceramente, foi difícil", disse Gasly. "No voo de volta para casa, eu estava triste porque, para mim, era a terceira ou quarta corrida da temporada com a equipe, e eu estava lutando com a Ferrari, com a Mercedes".

Pódio à vista

O francês, que havia trocado a AlphaTauri, realmente não estava satisfeito: "Eu tinha o pódio em vista, com Hamilton e Alonso a alguns segundos de distância, mas era um grande resultado que daria início à sua temporada no caminho certo. Sair da Austrália depois de todo o trabalho e esforço, com zero pontos, era o pior cenário possível, com os dois carros no muro".

Solução com Ocon

"Nós conversamos sobre as coisas. Fomos a Paris e conversamos com Laurent Rossi [então CEO da Alpine]. Ele tinha sua opinião, eu tinha a minha, mas parecia que ele poderia ter desistido. Concordamos entre os companheiros de equipe que temos que ter uma margem um pouco maior".