General

Hamilton: As pessoas gostam de ter poder e fazer com que ele valha

Hamilton: "As pessoas gostam de ter poder e fazer com que ele valha"

15 agosto - 11:06 Última atualização: 15 agosto - 11:06
0 Comentários

GPblog.com

A proibição do uso de jóias foi uma das principais discussões da primeira metade da temporada. Esta regra já existia há anos, mas nunca foi aplicada. Os novos diretores de corrida da Fórmula 1, Niels Wittich e Eduardo Freitas, estão impondo este ano e Lewis Hamilton é o mais duramente atingido.

Hamilton tem um piercing no nariz e por um longo tempo ele insistiu em não removê-lo. No final, depois de muitas reclamações, ele mudou de idéia. A FIA dá como argumento a segurança dos pilotos no carro, mas nem todos concordaram. Hamilton foi apoiado, entre outros, por Sebastian Vettel e Helmut Marko, consultor da Red Bull.

Hamilton aproveita o momento

Em uma entrevista para a Vanity Fair, Hamilton diz que sente como um ataque pessoal. "As pessoas gostam de ter poder e fazer com que ele valha. Foi contra mim. Porque eu sou o único que tem jóias, na verdade", disse o piloto da Mercedes. Até hoje, o heptacampeão mundial não entende como usar um piercing interfere na questão de segurança.

Para fazer um protestoo, Hamilton utilizou diversas jóias e assessórios na coletiva de imprensa antes do Grande Prêmio de Miami. "Como eu disse, eu não posso remover pelo menos duas delas. Uma, eu não posso realmente explicar onde ela está", disse Hamilton. O piercing no nariz era visível para todos, mas ele não revelou onde estava o segundo.

Hamilton agora revela que não há nenhum segundo piercing. "Eu estava apenas implicando com isso. Eu não tenho nenhum outro piercing em nenhum outro lugar. Mas eu adoro que haja esse pensamento: 'Cara, ele tem os testículos furados?'". Desde o Grande Prêmio da Inglaterra, Hamilton tem pilotado sem o piercing no nariz. Com isso, ele evitou penalidades da FIA.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos