General

FE: Bateria do carro da Penske causa incêndio nos boxes em Valência

FE: Bateria do carro da Penske causa incêndio nos boxes em Valência

24-10-2023 10:38 Última atualização: 14:02
Author profile picture

Marcos Gil

Há pouco tempo, houve um grande incêndio em um navio de contêineres no Mar de Wadden. Milhares de carros pegaram fogo no processo. O fogo se alastrou, principalmente graças às baterias dos muitos carros elétricos que estavam no navio. A Fórmula E também sabe desde a tarde de terça-feira que essas baterias podem queimar consideravelmente. De fato, foi uma bateria do carro da DS Penske que causou um incêndio durante o teste em Valência. Uma pessoa ficou ferida.

Durante a manhã, Robert Shwartzman teve permissão para dar suas voltas como novato na DS Penske. À tarde, a bateria foi removida do carro e levada para a WAE. Essa empresa é responsável pelas baterias de todos os carros da Fórmula E. Durante a inspeção da bateria, ela pegou fogo repentinamente. Um funcionário da WAE sofreu ferimentos leves no processo e foi levado para um hospital próximo. Os danos ao box foram limitados.

Autoridades investigam o incêndio

Desde então, as autoridades locais, a Fórmula E e a FIA iniciaram uma investigação. No primeiro dia da nova e décima temporada da categoria, um incêndio de grandes proporções causado por uma bateria em um dos carros é mais do que preocupante. Em primeiro lugar, eles querem descartar a possibilidade de haver um problema estrutural, colocando em risco a segurança dos pilotos (durante as corridas) e da equipe.

A Fórmula E ainda não anunciou se o segundo dia de testes em Valência será realizado. Por enquanto, a organização está relutante em fazer comentários extensos, mas uma declaração resumida via X escreve que o cancelamento da sessão de terça-feira ajudará a "retornar a um ambiente de trabalho seguro".