F1 News

Fittipaldi diz que muitos talentos são desperdiçados por falta de dinheiro

Fittipaldi diz que muitos talentos são desperdiçados por falta de dinheiro

28-10-2022 13:43 Última atualização: 14:58
0 Comentários

GPblog.com

O bicampeão de F1, Emerson Fittipaldi, adoraria ver um piloto brasileiro novamente na categoria, e acha que isso seria mais possível se a Fórmula 1 mudasse. Deveria ser mais sobre talento e menos sobre dinheiro.

Falando para o VegasInsider.com, o brasileiro disse que há uma escassez de vagas na F1, deixando pilotos talentosos (brasileiros) de lado. Para o mesmo jornalo ex-piloto de F1 explica melhor sua visão sobre o esporte antes do fim de semana do GP do México.

Mais talento, menos dinheiro nas corridas

De fato, Fittipaldi acredita que o automobilismo se beneficiaria de mais talento e menos dinheiro. A possível saída de Mick Schumacher da categoria principal do automobilismo é um exemplo doloroso, de acordo com o brasileiro: "Infelizmente, o dinheiro faz a diferença nas corridas hoje em dia, do kart, Fórmula 4, Fórmula 3 e Fórmula 2 até a Fórmula 1. Nós temos uma grande quantidade de crianças com muito dinheiro e patrocinadores nas corridas que querem se tornar pilotos de F1, mas às vezes não têm talento".

Sobre Schumacher, ele disse: "Então você tem um piloto como Schumacher, com muito talento, que é dedicado e mereceu estar na F1. Se a equipe então diz que ele é muito caro, significa que eles estão procurando por alguém com mais dinheiro". De acordo com Fittipaldi, isso tem que mudar no futuro: "Nós precisamos de mais talento e menos dinheiro nas corridas". Porém, o brasileiro entende que isso é um tarefa difícil. Haveria que ter uma trabalho conjunto entre a FIA, a Fórmula 1, as equipes e patrocinadores para provocarem essa mudança.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos