F1 News

Wolff chama a atenção da FIA para a parte médica no combate ao porpoising

Wolff chama a atenção da FIA para a parte médica no combate ao porpoising

12 agosto - 13:51 Última atualização: 18:03
0 Comentários

GPblog.com

Toto Wolff está convencido de que a FIA deve agir rapidamente para combater os problemas com o porpoising. O chefe da equipe declarou em uma entrevista para a Motorsport.com que relatórios médicos já demonstraram amplamente como a situação atual é perigosa para os pilotos.

Isso inclui um relatório médico sobre os jogadores de futebol americano, que afirma que frequências de um ou dois hertz podem causar danos cerebrais a longo prazo após apenas alguns minutos. Como os pilotos estão envolvidos em uma corrida por mais de uma hora, Wolff acredita que as consequências podem ser muito mais sérias.

Além disso, depois do Grande Prêmio do Azerbaijão, Wolff viu Lewis Hamilton sair de seu carro com problemas nas costas. De acordo com o austríaco, a situação é insustentável e a organização precisa apresentar mais planos para resolver o problema.

Wolff sente que as críticas dos concorrentes são injustificáveis

Outras equipes estão menos entusiasmadas com os planos. A Red Bull Racing acha que a Mercedes tem possibilidades de resolver o problema sozinha, e acredita que a equipe alemã está tentando tirar proveito da situação.

Wolff acha que isso não se justifica, porque desta vez é uma questão de segurança. O chefe da equipe aponta que as equipes concordaram que o esporte deve ser seguro e que este é um momento certo para intervir.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos