F1 News

Manifestantes de Silverstone são investigados: Risco de danos graves

Manifestantes de Silverstone são investigados: "Risco de danos graves"

25 janeiro - 16:51 Última atualização: 17:24
0 Comentários

GPblog.com

Os manifestantes que entraram no circuito durante o Grande Prêmio da Inglaterra de 2022 foram acusados de causar uma situação de risco de vida. Os promotores argumentam que sua ação colocou os pilotos e os fiscais de pista em perigo.

Os manifestantes do movimento 'Apenas Pare com o Petróleo' caminharam para a pista na primeira volta da corrida em Silverstone, mas o protesto acabou não chamando a atenção que era esperada. Na verdade, a corrida foi interrompida logo após a largada devido ao forte acidente envolvendo Guanyu Zhou, Alexander Albon, e outros pilotos.

"Risco de danos graves"

A bandeira vermelha foi decretada logo em seguida e assim os pilotos foram para o pit lane. O ritmo lento possivelmente impediu que os carros colidissem com os manifestantes, que haviam se sentado na normalmente rápida 'Wellington Straight'. Entretanto, de acordo com os promotores, a ação foi tão perigosa que os manifestantes colocaram em perigo a vida de outras pessoas.

De acordo com o promotor Simon Jones, que abriu o caso nesta quarta-feira, não há dúvida de que havia "risco de danos graves". "Claramente eles poderiam ter sido atingidos pelos carros em alta velocidade, o que teria consequências severas", ele é citado pela Sky Sports. O promotor acredita que os manifestantes assim colocaram não somente a si mesmos, mas também os pilotos e fiscais de pista em perigo.

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos