F1 News

Tost entende escolha de Gasly: É uma decisão justa

Tost entende escolha de Gasly: "É uma decisão justa"

25 janeiro - 08:54 Última atualização: 11:25
0 Comentários

GPblog.com

Franz Tost, chefe de equipe da AlphaTauri, falou com o The Race que ele honestamente preferiria não ter perdido Pierre Gasly. O francês provou nos últimos anos que era um piloto de confiança da equipe, o que permitiu que Tost desenvolvesse o carro com base em suas preferências. No entanto, ele compreende a saída de Gasly para a Alpine.

Em 2019, Gasly teve a grande oportunidade de suceder Daniel Ricciardo na Red Bull Racing, mas não teve sucesso. O talentoso piloto não conseguiu ter um desempenho nem perto do de seu companheiro de equipe Max Verstappen e foi substituído por Alexander Albon ainda na mesma temporada.

Gasly então se viu na Toro Rosso (mais tarde AlphaTauri), onde regularmente recebeu muitos elogios por seu desempenho. No entanto, um retorno à Red Bull parecia fora de questão, o que o fez ter que esperar pacientemente por uma outra grande oportunidade. Quando a Alpine demonstrou interesse no piloto, Marko decidiu ajudar Gasly a rescindir seu contrato em andamento.

Compreende a decisão

Tost teria preferido manter o piloto, mas entende a decisão. "A Red Bull decidiu não contar com ele", analisa o chefe da equipe. "E Pierre queria ir para outra equipe. Por causa de todas essas mudanças com a aposentadoria de [Sebastian] Vettel, [Fernando] Alonso indo para a Aston Martin, um lugar na Alpine acabou ficando vago."

"A Red Bull foi muito justa ao deixá-lo ir para a Alpine. Isto ficou claro para mim, porque senão o risco de ele não ter um assento para 2024 teria sido muito grande. Todos os assentos estão ocupados. Não é fácil [aceitar a saída de Gasly]. Mas, no final, eu acho que é uma decisão justa".

Reprodutor de vídeo

Mais vídeos